MINHA OPINIÃO SOBRE FRAMEWORKS (Front-end e Back-end)



Minha opinião sobre utilizar ou não frameworks, tanto no front (react, angular, vue, ember, bootstrap, foundation, polymer) quanto no back (express, sinatra, rails, django, laravel, spark, revel).

✅ 𝗦𝗘𝗝𝗔 𝗨𝗠 𝗠𝗘𝗠𝗕𝗥𝗢 𝗗𝗔 𝗧𝗨𝗥𝗠𝗔!

▸ Te convido a se tornar um Membro da Turma! Dessa forma, o canal pode continuar a criar conteúdos de forma independente e para todos!

✅ 𝗩𝗜𝗗𝗘𝗢𝗦 𝗠𝗔𝗜𝗦 𝗣𝗢𝗣𝗨𝗟𝗔𝗥𝗘𝗦 𝗗𝗢 𝗖𝗔𝗡𝗔𝗟

▸ Programei 4 robôs que criam vídeos para mim no YouTube

▸ Brasileiro programa Inteligência Artificial que aprende a DIRIGIR SOZINHA!!!

▸ Um júnior já deveria saber como reduzir a quantidade de IFs de um código (e você, sabe?)

▸ MELHOR FORMA DE APRENDER PYTHON (Google Colab Notebook)

▸ Novo algoritmo EDITA VÍDEO como se fosse TEXTO (deepfake)

Nguồn: https://benjaminjcohen.com/

Xem thêm bài viết khác: https://benjaminjcohen.com/cong-nghe/

40 Comments

  1. Um problema grave que eu vejo em não usar frameworks é que a maioria dos frameworks lhe obrigam a ter uma organização básica no desenvolvimento, apesar de existirem padrões a serem seguidos existem muitas formas de fazer e se alguém tiver que dar manutenção no futuro com toda a certeza o software q foi feito sem um framwork vai ser muito difícil de se dar manutenção, seja pela falta de documentação seja pelo tempo que será gasto para entender a estrutura do software, principalmente quando se fala em backend.. Já o software feito com um framework basta o cara ter um conhecimento no framework q ele já tem uma ideia de como tudo funciona e a curva de aprendizagem é bem menor

  2. Cara, a única parte ruim desse vídeo é que não posso dar mais do que 1 like.

  3. Eu realmente acho que o javascript tem muitas ferramentas nativas uteis. Para mim ele já é um framework ahishaushaua

  4. Sempre conteúdo de primeira qualidade, obrigado pela orientação, estou ingressando no mundo da programação, e quando tive contato com as linguagens para webdesign em meados de 2000 eu nem sabia o que era Framework (soube dessa palavra agora em 2020). E entendo que devemos entender e fazer primeiramente as coisas na unha, aí sim, depois usar Framework para facilitar o trabalho, mas claro, sem abusar.

  5. "quando a vida vem com uma peçinha em formato de um p****" perdi completamente nessa hora

  6. Oi Felipe, minha birra é com os frameworks em PHP, principalmente pelo quantidade de recursos e tamanho deles, pois eu trabalho com projetos menores de gestão ou lojas virtuais e hoje em dia tenho usado o php apenas para back-end, basicamente só preciso lidar com autenticação, router, banco e e-mail, eu acho até o Lumen demasiadamente grande, demais para isso não testei todos os frameworks para PHP, acredito que tenha algum mais modular, mas no mercado o povo só trabalha com os mais populares e ai vc vê coisas absurdas como um site institucional apenas com um formulário de contato e o cara usando Codeigniter.
    Trabalho a 12 anos com php e eu mesmo já havia desenvolvido meu framework claro (hahaha), mas depois de utilizar vários frameworks e muito over-enginer eu tenho optado por utilizar um framework que fiz (e já havia refeito ele umas 10 vezes), simples direto, mas bem redondinho,eu acho que nesto ponto os frameworks em javascript estão bem mais flexíveis, utilizo o Vue, mas estou experimentando utilizar o React e nunca consegui utilizar o Angular kkkk, mas tem aparecido muitas oportunidades para trabalhar em Angular, vou ter que aprender não tem jeito.

    Mas voltando ao tópico, acho que uma das coisa que antes via como negativo é este engessamento que o framwork dá, depois que vc começa a trabalhar com equipes você percebe que isso é uma maravilha, php principalmente, pois estes dias peguei um projeto de 8 desenvolvedores, sabe aqueles projetos medonhos com html php tudo misturado nas coxas, pois é, 2020 kkk, tipo isso, projetos de gestão enormes, nada de mvc, classes, nem funções, apenas uma sopa de letrinhas com php, html e javascript misturado, literalmente misturado, dá vontade de dizer, me da 20 conto e 3 meses que eu refaço toda essa bagaça kkkkkkk

    Abs, queria agradecer o teu excelente conteúdo, na minha época só havia mato e você só possuía uma ferramenta ou a ferramenta rival kkkkkk

  7. nesse dia estavas muito serio….

  8. algum contendo SEU sobre codeigniter ?
    Só pq confio

  9. Os Framework realmente ajudam bastante, porque quando há muitos projectos em andamento a coisa fica muito pressionada e bom! ja sabe come que é. Por outro lado para quem realmente que saber como as coisa funcionam como fazer nas unhas, é preciso evitar muito depender totalmente deles no seu aprendizado!

  10. Oi Felipe, me chamo Cláudio!

    Tô vendo esse vídeo em 2020, e já tem um tempo que eu comecei a acompanhar seu canal. E muitas dicas estou levando pra vida como um todo.
    Sou leigo em programação, mas eu escolhi começar pelo python (assistindo as aulas do professor Gustavo Guanabara, do Canal Cursos Online).
    Gostaria de saber sua opinião se comecei pela linguagem certa, e outra, vi termos que você usa muito! Como back-end, front-end, frameworks, abstrações, etc…
    Poderia fazer um vídeo, explicando para leigos como eu, esses termos? 😀 um abraço

  11. Tive um chefe que tinha horror a framework e libraries de todos os tipos, e achava que a equipe deveria escrever toda a solução de frontend do zero em JS puro, pelas razões mais absurdas. Mais tarde, descobri o verdadeiro motivo: ele gostava de fazer "code review" e a ideia de utilizar uma ferramenta que ele não conhecia chegava a dar urticária no sujeito. Era do tipo que, apesar de estar num cargo de liderança, não conseguia se ater a simples delegação de tarefas e passava boa parte do dia discutindo cada pequeno detalhe das implementações. Abandonar aquele projeto foi libertador, para dizer o mínimo.

  12. Esse cara é otimo. Eu amo esse canal

  13. Gostaria de saber sua opinião sobre Boostrap-Vue

  14. Perfeito! (Como sempre)
    Agora explica a diferença entre Framework, API e biblioteca, por favor!
    Por exemplo, OpenGL é tido como uma biblioteca. Mas porque não é um Framework? Porque não é uma API? Eis a questão!

  15. Boa noite pessoal eu sou novato na área e me bateu a seguinte dúvida: O Boostrap não atrapalha a semântica do código ? Uma vez que tudo "vira" divs ?

  16. Na realidade se vc não trabalha unicamente com projetos próprios não tem como escolher não utilizar. O mercado sempre fala mais alto, nas ultimas 5 empresas nas quais trabalhei em estes 18 anos todas usavam fmk tanto para front quanto para back. Super conveniente, dificilmente vai entrar em uma empresa e não vai pegar codigo legado, e geralmente encima de um fmk, fzer o que, la vai de novo ler a documentação p botar a mão.

  17. Ótima Explicação sobre Frame Work a melhor que eu já vi !!!

  18. Vocês podem não ter entendido, mas o que ele falou foi profundo.
    "Vem a vida e entrega uma peça com o formato de um PI"
    Como sabemos, o PI (3,1415…) aparentemente não tem fim, logo uma peça no formato de um PI nunca encaixaria em lugar nenhum segundos as leis da física!
    Top esse canal, ensinamentos para reflexão do Sr. Deschamps.

  19. Infelizmente vejo que os desenvolvedores estão viciados em framework e criando pessoas especializados nelas.vejo que muitos não sabem o básico de lógica.

  20. Adoraria estar trabalhando com você, sei que iria aprender bastante.

  21. Vim e fácil na mesma frase tá errado

  22. Você dorme hoje amanhã tem um framework. Ahhhh

  23. a pecinha naquele formato, a vida entrega pra enfiar em outro lugar eu acho…

  24. Filipe, é MUITO importante que você destaque os termos técnicos das tecnologias nos seus vídeos porque eu, como muitas pessoas, podem nunca ter ouvido falar sobre algum termo que você disse e ajuda na pesquisa e descoberta. Obrigado por me dar uma melhor visão do mundo tecnológico!!

  25. Gostei seu óculos aqui tem igual por 20 euros com grau acredito que no Brasil não baixa de 500 reais

  26. Uma coisa que não se pode faltar aqui onde eu trabalho são frameworks… Eu tinha muita resistência em utilizar frameworks antes de realmente entender o porquê de se usar eles. Eu acreditava que eu estava "perdendo" oportunidades de aprender mais da linguagem, pelo fato de se usar muitos recursos e componentes prontos, sendo que no final eu acabava enrolando demais para entregar minhas demandas tentando fazer coisas do zero ou "reinventando a roda" como você disse… Um fator a ser levado em consideração é que quando se está aprendendo uma tecnologia nova é muito bom "reinventar a roda", pois você consegue treinar suas habilidades naquela tecnologia e assim quando você for trabalhar em um projeto real você já consegue dar aquela sacada legal de como você vai implementar tal funcionalidade… Mas quando se trabalha em uma empresa, Órgão público, ou até mesmo em um projeto freelancer você têm prazos para a entrega, você também não trabalha sozinho, então padronização é essencial para que o projeto não vire uma bagunça…. Sem contar que em relação à manutenção, implementar aquela hotfix fica muito mais simples… Muitas empresas pedem conhecimento não só em um, mas em vários frameworks para se contratar um desenvolvedor novo… Eu acredito que o uso da linguagem "Pura" seja essencial na hora de aprender essa linguagem (O que você também consegue fazer utilizando frameworks, pois eles também utilizam a linguagem), mas para trabalhar, o framework é quase que obrigatório…. Tem o fator que você disse também, às vezes você precisa fazer algo que seja personalizado no seu projeto.. Nesses casos o uso da linguagem pura é fundamental. Mas é aquele negócio, não é nada bom se prender a um framework apenas, um dia ele vai ser atualizado e talvez não sirva mais para seu projeto, ele pode acabar e perder suporte, você depende do desenvolvedor da ferramenta para implementar certos recursos.. Ai eu digo que se você tiver fluência na linguagem nativa, você não vai ficar na mão na hora de pegar pra aprender outro framework… O importante é ter conhecimento da ferramenta pura e principalmente na lógica de programação (pois até mesmo linguagens de programação acabam e ficam em desuso), pois quando você precisar se atualizar não vai ter problemas… Mas usar aqueles recursos prontos pode até ser decisivo na hora de manter seu projeto vivo, seja ele projeto pessoal ou comercial

  27. É o que eu digo pro meus alunos. Tem que fazer a roda pra entender a framework, mas para produzir software o melhor e framework.

  28. Ola filipe
    turu baum?
    eu sou novo no seu canal e novo nessa área
    começei esse ano fazer o ETIM (uma modalidade do ETEC que seria ensino técnico)
    que seria curso(que no meu caso é desenvolvimento de sistemas) com o ensino médio (periodo integral)
    e eu tenho muitas duvidas
    ate agora eu só sei usar o HTML e o básico do CSS
    poderia dar algumas dicas e falar de alguns cursos EAD para quem esta começando nessa carreira e estudos?

  29. Seus vídeos são muito bons cara parabéns pelo trabalho acompanho vc desde quando vc trabalhava na Rocketseat (KKK brincs aquele é o Diego Fernandes)

  30. Um framework é basicamente um código? Aí você importa ele e usa as funções dele? Nunca entendi :V

  31. Vejo na descrição do vídeo recomendações de alguns livros, algum deles que discorda sobre os problemas utilizando JavaScript? Senão vocês conhecem algum?

  32. Você é irmão do Diego? (Rocketseat) kkk

  33. Eu já assisti vários vídeos, de vários canais e li em vários tópicos pessoas falando sobre usar ou não framework e tal, eu nem ia assistir este vídeo, mas como sempre mudo de ideia rapidamente, cliquei e pude aprender muito com seu vídeo. Suas analogias são excelentes! Deixou muita coisa clara, coisa que estava escura em minha mente em relação a frameworks. +1 inscrito.

  34. #Deschamps quais frameworks mais simples pra desenvolvimento web você recomenda?

  35. É impressão minha ou este óculos tem 0 graus? rsrsrsr

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *